CRISTO, PAZ PARA O RIO

Em todas as grandes cidades do mundo ouvimos falar de insegurança e violência. Hoje, no mundo inteiro, temos notícias aqui e acolá de fatos e situações de insegurança: Ataques terroristas, ações isoladas, grupos armados, gangues, ataques em escolas, parques públicos, estações de metrô ou comunidades. Diante desses fatos, a igreja de Cristo é desafiada a levar esperança onde ela está inserida.

Nestes dias de incerteza, insegurança, temores e violência por toda parte, somos conclamados a abençoar  nossa cidade com a mensagem das boas novas.

É preciso, como agência do Reino de Deus, anunciar: “Cristo, a verdadeira paz”, pois ele mesmo declarou: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou” (João 14:27ª).

Estas palavras de Jesus Cristo encontram-se entre as mais confortantes em toda a Escritura. Palavra de paz que cria condições de serenidade, tranquilidade e segurança, diante dos conflitos da vida, que muitas vezes somos envolvidos ou estamos inseridos involuntariamente.

A Paz de Deus  se evidencia na pessoa que  pertence e permanece  nele. Se as pessoas que mantém contato conosco diariamente, conseguem  contemplar e sentir Deus através da nossa vida, isto significa que estamos em Deus, por meio de Jesus Cristo. A nossa missão como verdadeiro discípulo de Cristo, muitas vezes é revelada em pequenas ações e gestos que vão fazer diferença na sociedade.

Aqui no Rio de Janeiro, as igrejas estão mobilizadas em oração constante pela cidade, aproveitando todas as oportunidades, em todos os lugares, proclamando para os que aqui vivem, esta mensagem de esperança nas bênçãos de Deus.

“Procurai a paz da cidade para onde vos desterrei e orai por ela ao SENHOR; porque na sua paz vós tereis paz.” (Jeremias 29.7).

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

TEMPO DE ORAR PELO BRASIL

Na história da humanidade,  Deus sempre usou homens e mulheres comprometidos com Ele para transformar situações e momentos difíceis entre os povos e nações do mundo.

Estamos enfrentando no Brasil, momentos dolorosos e delicados.  Todos os dias temos notícias que nos abalam e muitas vezes sucumbem a nossa esperança. Todos ficamos tristes e até envergonhados, tomando conhecimento da situação precária na educação, na segurança, na saúde.

Parece que o nosso país está perdido e sem rumo. A corrupção tomou proporções epidêmicas na sociedade; a mentira, o materialismo, o egoísmo,  etc, fazem parte natural nos hábitos e comportamentos de milhões de brasileiros.

As pessoas não buscam a Deus e não conhecem os seus planos para sua vida. A nossa pátria está enferma espiritualmente e precisa ser abençoada por aqueles que são sal da terra  e luz do mundo.  É mister que o Evangelho transformador de Jesus Cristo alcance cada vez mais um número maior de pessoas e transforme suas vidas.

A Igreja de Cristo precisa ensinar e viver profundamente os valores éticos e espirituais da Palavra de Deus. Cada cristão deve se comprometer com a verdade e viver para glória de Deus, abençoando o nosso povo com um testemunho eloquente de vida.

Todos temos uma grande responsabilidade diante dos problemas que a nação está vivendo. É nosso dever cristão, orar sem cessar pelo Brasil e pela restauração espiritual de cada pessoa.

Existem situações que só serão resolvidas com oração;  portanto: “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.” (II Cron. 7.14).

Comprometa-se a abençoar o Brasil neste tempo!

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

IMAGEM DO MUNDO

Apesar dos constantes encontros internacionais de líderes e governantes de países do mundo em busca da paz e dos esforços diplomáticos da Organização das Nações Unidas, a população mundial, a cada dia que passa, parece mais descrente numa saída de paz para os conflitos atuais.

Cultiva-se também uma frustração crescente ao observar-se que as negociações, as conferências de paz, os apelos de mediadores e até mesmo de reconhecidos estadistas mundiais, apesar de conseguirem promover apertos de mãos de inimigos declarados não valem de nada ou quase nada, diante das ameaças e constantes de conflitos no mundo, inclusive, com suspeita de ataque químico à populações indefesas e pessoas inocentes.

Torna-se quase impossível ligar a televisão, ouvir os noticiários do rádio ou navegar na internet e ler os jornais diários, sem deixar de observar que grande parte das notícias enfatizam os perigos de guerras e rumores de guerra, envolvendo países como: Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Rússia, China, Correia, Japão, Síria, Arábia Saudita, Egito, Turquia, Emirados Árabes Unidos, Israel, Irã, Iraque, Kuwait, Jordânia, Líbano, Palestina e Afeganistão, entre outros. Isso sem contar os ataques terroristas em vários países do mundo.

Na história dos conflitos internacionais sabemos que foram ataques locais que sempre provocaram os conflitos maiores. Em 1914, um atentado na região de Sarajevo desencadeou a Primeira Grande Guerra Mundial. Anos depois, em 1941, o ataque japonês a Pearl Harbor, marcado pela participação de pilotos suicidas, definiu a participação da grande potência americana na Segunda Guerra Mundial.

Parece que em nossos dias, mais uma vez, temos um quadro que reúne todos os elementos para um conflito maior, que revela a fragilidade do nosso mundo, pois envolve grandes potências mundiais.

O ódio dos homens, a mágoa e o rancor envolvendo diferenças culturais, políticas, sociais, étnicas e religiosas, têm tomado conta do coração da humanidade, que hoje ainda vive sem Jesus Cristo, a verdadeira Paz, pois como nos revela as Escrituras, o seu nome é: “Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz”(Isaías 9:6).

Que sejamos portadores dessa mensagem em nossos dias, aos quatro cantos da Terra! Amém!

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , , , | 4 Comentários