Rasgou-se o véu. Está consumado.

RASGOU-SE O VÉU. ESTÁ CONSUMADO
Lucas 23:44-46

O evangelista Lucas, ao descrever as cenas da crucificação de Cristo, revela numa única expressão um dos mais profundos conceitos espirituais e teológicos sobre a nossa salvação.

“Rasgou-se ao meio o véu do santuário”:

1) EM CRISTO O CAMINHO ESTÁ ABERTO.

(Hebreus 10:19,20) “Por causa da morte de Jesus na cruz nós temos completa liberdade de entrar no Santíssimo Lugar. Ele nos abriu um caminho novo e vivo.”

2) EM CRISTO O PECADO É PERDOADO.

(I João 1:9) “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.”

3) EM CRISTO A SALVAÇÃO É GARANTIDA.

(Gálatas 3:13) “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro).”

CONCLUSÃO: Celebremos a vitória do amor!!!

 Nada mais precisa ser acrescentado para a salvação. Tudo foi cabalmente cumprido por Cristo. “Está consumado.” (João 19.30).

 No grego, o termo pode ser compreendido de forma cronológica: Jesus demonstrou seu amor “até o fim”. O termo “τελεω – teleo” = “fim” reporta a esta palavra de Jesus na cruz “τετελεσται – tetelestai” = “Está consumado”

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).

a) Somos ALVOS desse AMOR.
b) Somos LIBERTOS por este AMOR.
c) Somos ABENÇOADOS por este AMOR.

Anúncios