Cristo, a paz que liberta

CRISTO, A PAZ QUE LIBERTA
Miquéias 5:4 e 5a e Outras Passagens

Os povos não alcançados no mundo, estão concentrados, principalmente, na Ásia, Norte da África e Oriente.

Nesta mensagem profética, Miquéias anunciava a paz através da vinda do Messias, esperança de Israel, em uma época muito difícil para aquele povo! Assim como os povos daquela época, hoje as nações ainda precisam da paz que liberta!

“Ele se manterá firme e apascentará o povo na força do SENHOR, na majestade do nome do SENHOR, seu Deus; e eles habitarão seguros, porque, agora, será ele engrandecido até aos confins da terra. Este será a nossa paz.”

 Anunciamos “Cristo, a paz que liberta”, pois:

1) ELE É A REVELAÇÃO DO AMOR DE DEUS.

(V. 4a) “Ele se manterá firme e apascentará o povo na força do SENHOR, na MAJESTADE do nome do SENHOR, seu glorioso Deus;”

• MAJESTADE = O brilho que acompanha a REVELAÇÃO da presença e do poder de Deus (Romanos 3.23; 6.4; 8.21).

2) ELE É A MANIFESTAÇAO DA GLÓRIA DE DEUS.

(V. 4b) “e eles habitarão seguros, porque, agora, será ele engrandecido
(GLORIFICADO), até aos confins da terra.”

• MIQUÉIAS = O seu nome significa: “Quem é como o Senhor?” – Ele profetizou no século 8º a.C.
• Esta sua profecia, ressalta as promessas futuras da GLÓRIA do Messias e seu JUSTO reinado
• Hb. SHEKINÁ = Resplandecente glória de Deus

3) ELE É A ENCARNAÇÃO DA MENSAGEM DE DEUS.

(V. 5a) “Este será a nossa paz” = Outra tradução possível: “Este trará a paz”.

• Profecia de Isaías 9:6 “O seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus forte, PRÍNCIPE DA PAZ.”

• Esta é uma das profecias mais importantes do livro de Miquéias. De Belém (5.2) e da casa de Davi, surgiria um governante que apascentaria o povo e traria a paz (5.4-5). Ele é o príncipe da Paz!

• João fala do “LOGOS” – Gr. = “ O verbo(mensagem) que se fez carne

CONCLUSÃO: Cristo, paz para as nações!

Alguns desafios presentes:

• Ásia – Concentra mais da metade da população mundial e 97% das pessoas não são alcançadas pelo Evangelho.
• Cerca de 2200 povos no mundo ainda não são alcançados pelo Evangelho.
• Diariamente 80 mil pessoas morrem, nos países asiáticos sem conhecerem o Evangelho.

Anúncios