peixe

Será possível para o cristão nesta sociedade pós-moderna, com tantos desafios, com inúmeros conceitos de padrões éticos, morais e espirituais completamente distorcidos, ser um verdadeiro discípulo de Cristo?

Na Bíblia Sagrada, encontramos referências claras sobre a conduta do cristão que deseja viver uma vida diferenciada e abençoadora. Esses conceitos são válidos também para os nossos dias e permanecem inalterados quanto aos seus benefícios e resultados abençoadores.

Para se tornar alguém que se identifique como verdadeiro “Discípulo de Cristo” é necessário adotar uma conduta com propósito cristão bem definido e assim, experimentar “a vontade de Deus”, que é “boa, perfeita e agradável” conforme a epístola de Paulo, em Romanos 12.1 e 2, que nos diz: Portanto, meus irmãos e minhas irmãs, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus. Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele”.

Aqui encontramos alguns requisitos básicos da vida cristã que servem para todos aqueles que desejam viver no centro da vontade de Deus e  se tornarem autênticos “Discípulos de Cristo”. O ser discípulo, para fazer discípulo, é o grande desafio deste tempo.

Que Deus nos abençoe. Amém.