Cura da Alma

 O relógio teve um colapso nervoso, entrou em depressão, e como não conseguia funcionar corretamente foi levado ao relojoeiro. O profissional examinou-o detidamente, não encontrou defeito algum, e deu o seguinte conselho ao dono: – Leve-o a um psicólogo! O terapeuta mandou que o relógio se deitasse no divã, perguntou sobre pormenores da enfermidade, e travou com o paciente este diálogo: – Por que você está tão ansioso e preocupado? – Minha vida é cheia de tiques e taques. A cada segundo tenho de fazer um tique e um taque. Isso significa que tenho de emitir 172.800 tique-taques por dia. Num mês serão 5.184.000 tique-taques. Num ano terei de bater 62.208.000. Isso é demais para mim. Fico preocupado se, com todos esses tique-taques, terei bateria suficiente para… O psicólogo interrompeu a fala do relógio: – Espere um pouco. Quantos tique-taques você tem que fazer de cada vez? – Ora, um só! – É isso aí. Volte para casa, e faça um tique-taque de cada vez. Esqueça todos os milhões que terá de bater, e deixe a bateria por conta de seu dono. Ele cuidará para que você tenha energia suficiente a cada novo tique-taque. O relógio voltou para casa, e, agora mais confiante e menos tenso, continua funcionando bem até hoje. Jesus ensinou: Não vivam ansiosos, mas confiem no Deus que sustenta as aves, e veste os lírios. Paulo recomenda: Não andem preocupados. Dirijam suas petições ao Deus Todo Poderoso. E o Senhor ainda diz: A este dia, basta o seu próprio mal. Ao filho de Deus é suficiente o tique-taque de cada dia. A energia necessária para o conjunto da vida, o dono, o Pai, provê.

(Iomael Sant’Anna)