Nesta semana acontece em Copenhague – Dinamarca, a importante Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15), reunindo representantes de aproximadamente 200 paises do mundo.(Veja o video ao lado).

 O Brasil se faz representar com cerca de 700 delegados e o objetivo da Conferência é o de tentar conter as emissões de carbono e as suas consequências no clima mundial.

 É interessante que esta Conferência tem chamado a atenção de todos os povos da terra, pois se verifica que algo precisa ser feito para se preservar este planeta para as próximas gerações. Os noticiários nacionais e internacionais estão tendo em suas pautas este importante assunto, que merece a atenção de todos os habitantes da terra.

 Como cristãos não podemos ficar de fora deste movimento, principalmente porque sabemos que este é um tema que aparece constantemente na Bíblia e existem vários textos das Escrituras Sagradas que chamam atenção para a mordomia cristã, na utilização dos recursos naturais, criados por Deus. O livro de Gênesis declara que “No princípio, criou Deus os céus e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas… E Deus viu que o que havia feito era bom.”

 O foco deste encontro em Copenhague é mobilizar as nações do mundo a se tornarem mais responsáveis, evitando os desastres ambientais que hoje provocam sofrimentos a todos os seres humanos. A Bíblia diz que “O Universo todo espera com muita impaciência o momento em que Deus vai revelar o que os seus filhos realmente são” (Romanos 8:19).

Façamos a nossa parte, como cidadãos e principalmente como Cristãos, pois como declara o salmista “Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.” (Salmo 19:1).