PODER DAS PALAVRAS

 “O poder da palavra pronunciada e seus efeitos positivos e negativos. Uma vez que grande parte do que fazemos no mundo envolve a palavra – não somente as que expressamos verbalmente, mas também as que usamos em memorandos, e-mails e cartas – vale a pena insistir neste tema.

Você se lembra de uma ocasião em que alguém fez com que seu dia fosse um sucesso – ou um fracasso – somente por ter dito ou não alguma coisa?

Intencionalmente ou não, o que dizemos bem como o que escolhemos não dizer, expressa a forma como avaliamos a outros. Já foi dito que apenas 7% da comunicação é verbal, ou seja, se processa por meio de palavras audíveis. Os demais 93% envolvem a comunicação não verbal – tom de voz, linguagem corporal e contato visual. Isto pode também incluir palavras e as idéias e sentimentos que representam e que não são expressos. Isto explica o sentimento de depreciação que às vezes temos, sem que jamais se tenha falado nada com esse objetivo.

 As palavras podem ser instrumentos maravilhosos para inspirar, elevar, motivar e desafiar. Mas também podem ter efeito contrário: esvaziar, desanimar, rebaixar. Considere alguns dos princípios sobre o uso apropriado da palavra falada encontrada no atemporal livro de Provérbios:

 . Palavras corretamente escolhidas têm grande valor e peso. É surpreendente estar com alguém que encontra as palavras certas para determinadas situações ou sermos capazes de fazer isso nós mesmos. Palavras cuidadosamente escolhidas podem mudar profundamente nossa disposição e perspectiva. “A língua dos justos é prata escolhida, mas o coração dos ímpios quase não tem valor. As palavras dos justos dão sustento a muitos, mas os insensatos morrem por falta de juízo” (Provérbios 10.20-21).

. Às vezes o silêncio é o melhor palavra. Enquanto palavras de estímulo são sempre bem-vindas, às vezes é melhor não dizer nada do que expressar pensamentos prejudiciais ou mesmo destrutivos. Como disse certa vez um famoso estadista: “Melhor manter silêncio e passar por tolo, do que falar e acabar com toda a dúvida.” O homem que não tem juízo ridiculariza o seu próximo, mas o que tem entendimento refreia a língua” (Provérbios 11.12).

 . Palavras usadas de forma seletiva podem ser um sólido investimento. Muitos seguem listas de “coisas a fazer” e se sentem realizados após um dia de tarefas cumpridas. Entretanto, a melhor tarefa que podemos fazer em qualquer dia, é proporcionar àqueles com quem trabalhamos ou vivemos, presentes de louvor, encorajamento, afeto sincero e apreciação. “Do fruto de sua boca o homem se beneficia…” (Provérbios 12.14). “…Quem fala com equilíbrio promove a instrução” (Provérbios 16.21).

. Não traia a confiança com palavras descuidadas. Pode ser fascinante e até mesmo proporcionar um senso de poder, saber de algo que outros não saibam: uma intriga secreta sobre alguém que os demais gostariam de ouvir. Somente podemos exercitar este “poder” quando fornecemos esta “informação confidencial” que possuímos. Mas uma vez traída a confiança, é difícil – se não impossível – reconquistá-la. Esse custo dificilmente compensa o ganho imediato. “ Quem muito fala trai a confidência, mas quem merece confiança guarda o segredo” (Provérbios 11.13).

“O homem perverso provoca dissensão, e o que espalha boatos afasta bons amigos” (Provérbios 16.28).”

 (Por Robert J. Tamasy)

Anúncios

Sobre Vitor Hugo Mendes de Sá

Vitor Hugo Mendes de Sá é casado com Linéa Dias Mendes de Sá e tem duas filhas: Juliana e Mariana. É pastor por mais de 33 anos, evangelista, formado em teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil. Tem cursos em clínica pastoral, capelania hospitalar, pós-graduação Latu Sensu em ciências políticas e educação(UNB), Liderança avançada pelo Instituto Haggai. É também, Bacharel em Direito(FDCI). Tem sido orador de conferências no Brasil e no exterior. Pastor da Primeira Igreja Batista na Penha-RIO. Autor dos livros: Orando com Propósito e Rompendo as Muralhas na Família, ambos publicados pela MK editora.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s