Tags

, , , , , ,

Dia Internacional da Mulher, Injustiça, Direitos Humanos, ONU, Valorização, Jóias, Perseguição.Oficializado somente em 1975, o dia 08 de março foi escolhido pelas Nações Unidas para ser comemorado  em todo todo o mundo, como o “Dia Internacional da Mulher”. Esta data marcou um avanço na sociedade, visando reconhecer o valor das mulheres,  particularmente nos países onde as mesmas não são reconhecidas, não são valorizadas, sofrem perseguições religiosas e restrições nos seus direitos individuais.

Aqui no Brasil, graças a Deus, a situação é diferente, mas precisamos avançar muito, pois ainda tomamos conhecimento de várias situações que nos envergonham e nos entristecem, como cidadãos brasileiros.

Nesta data, a sociedade civilizada procura homenagear as mulheres de maneira muito especial, lembrando dos seus diretos, seu valor, sua capacidade e ainda, oferecendo flores com palavras elogiosas e carinhosas.

Na igreja do Senhor, este reconhecimento sempre aconteceu, pois o próprio Jesus Cristo valorizou a mulher de uma forma toda especial no seu ministério terreno. Como cristãos, filhos e esposos,  queremos mais uma vez, demonstrar o quanto a mulher é especial na família, na igreja e na sociedade. Sem a presença dela ficamos incompletos e a alegria deixa de reinar.

Queremos reconhecer o seu valor, não apenas em um único dia do ano, mas permanentemente, pois somente a mulher, com o seu amor,  as suas virtudes, as suas palavras doces e agradáveis, os seus conselhos sábios, os seus gestos de simplicidade e a sua delicadeza no trato das coisas, é capaz de transformar o ambiente, realizando o que somente ela é capaz de fazer, com a capacidade que Deus lhe outorgou.

Parabéns a você mulher cristã, pois como nos diz a Bíblia: “O seu valor muito excede ao de jóias preciosas. Muitas mulheres tem procedido virtuosamente, mas você a todas és superior” (Provérbios  31.10;29). Que Deus a abençoe!