Páscoa_Túmulo_Vazio

Nestes dias da “Páscoa” – que no hebraico é conhecida como “Pessach” ou “Passagem”, em comemoção à libertação dos Israelitas da escravidão no Egito (Êxodo 12.1-20), como cristãos, relembramos o sofrimento de Cristo em nosso lugar no Calvário.

Jesus Cristo cumpriu a sua missão, como verdadeiro “Cordeiro de Deus”. Ele “Morreu por nós”, e declarou: “Está Consumado”, mas ao terceiro dia, ressuscitou e nos garantiu a vitória final. O túmulo está vazio!!!

Na “Páscoa”, podemos testemunhar do grande amor de Deus, que nos faz experimentar uma nova vida em Cristo, pois a nossa esperança tornou-se viva, presente e eterna, já que se “Ele vivemos, com Ele também reinaremos”.

O poeta sacro escreveu e, hoje cantamos, o inspirativo hino do Hinário para o Culto Cristão, que diz:

 “Ouvi contar a história de Jesus, o Rei da glória,

que do céu desceu e aqui viveu porque me quis salvar.

Ouvi do sofrimento que ele padeceu, morrendo.

Arrependi-me e confiei em Cristo, o Salvador.

Jesus me dá vitória, vitória completa.

Buscou-me, comprou-me com sangue remidor.

De coração amou-me, da perdição salvou-me.

Vitória me assegurou Jesus, meu Salvador.

Jesus aqui curava; seu poder favor mostrava.

Aleijados Cristo fez andar

e aos cegos deu visão.

Clamei a Cristo: “Cura meu espírito em tortura.”

Minha alma ele então limpou

e deu-me a salvação.

Ouvi de um lar glorioso que Jesus,

meu Rei bondoso,

preparou nos céus, e um dia ali com ele habitarei.

E no celeste coro cantarei a antiga história.

Ao meu Senhor e Salvador pra sempre louvarei.”

Na vida cristã, muitas são as razões que motivam o nosso viver, que despertam a nossa crença e encorajam a nossa perseverança, porém, existe uma que se destaca de todas, pois é a razão maior da nossa fé – A ressurreição de Cristo! Cristo ressuscitou e vivo está! Alelúia! Feliz Páscoa!