Tags

, , , , , , , , ,

“A esperança não é um sonho, mas uma maneira de traduzir os sonhos em realidade.” (Suenens)

Maio é o “mês da família”, ocasião em que sempre somos levados a pensar sobre o valor da família e meditar sobre sua importância para a nossa vida, bem como os desafios que precisamos vencer para que a mesma permaneça vitoriosa nesta sociedade contemporânea.Medalhas

Na véspera das olimpíadas do Rio de Janeiro, atletas de todas as categorias e do mundo inteiro se preparam e sonham em conquistar uma medalha de ouro. Neste tempo também somos desafiados a pensar na família como a maior de todas as medalhas que alguém pode conquistar, pois a sua família vale mais que ouro.

Ela vale mais que ouro, pois o seu valor é imensurável e permanente. Jaime Kemp declara que “não é difícil perceber o quanto as famílias estão divididas e se deteriorando. A convivência familiar tem diminuído significativamente, ao tempo que desentendimentos e conflitos aumentam”. Precisamos analisar os pilares fundamentais da família e identificar onde estamos falhando.

O salmo 127 apresenta dois pilares que precisam ser observados para que a família conquiste a maior de todas as vitórias. Deus deve ser o centro da família pois “se o Senhor não edificar o lar, em vão trabalham os que a edificam”. Esta verdade precisa ser vivenciada por cada membro da família nos dias atuais.

Um outro pilar é a harmonia como missão primordial do núcleo familiar, pois “os filhos são herança do Senhor e o fruto do ventre o seu galardão”. Na família, somos desafiados a valorizar e investir neste dom, que é revelação da graça de Deus.

As medalhas conquistadas nas olimpíadas, por mais importantes que sejam, se tornam bens materiais, passageiros e perecíveis, enquanto que as conquistas na família representam valores incalculáveis, permanentes e eternos. Nenhuma medalha se compara ao valor da família.

Deus é o único treinador que poderá fazer de você um verdadeiro vencedor na vida familiar. Ele deseja abençoar a sua família como declarou Martin Luther King:  “Mesmo as noites totalmente sem estrelas podem anunciar a aurora de uma grande conquista.”