Tags

, , , , , , , , ,

Em todas as grandes cidades do mundo ouvimos falar de insegurança e violência. Hoje, no mundo inteiro, temos notícias aqui e acolá de fatos e situações de insegurança: Ataques terroristas, ações isoladas, grupos armados, gangues, ataques em escolas, parques públicos, estações de metrô ou comunidades. Diante desses fatos, a igreja de Cristo é desafiada a levar esperança onde ela está inserida.

Nestes dias de incerteza, insegurança, temores e violência por toda parte, somos conclamados a abençoar  nossa cidade com a mensagem das boas novas.

É preciso, como agência do Reino de Deus, anunciar: “Cristo, a verdadeira paz”, pois ele mesmo declarou: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou” (João 14:27ª).

Estas palavras de Jesus Cristo encontram-se entre as mais confortantes em toda a Escritura. Palavra de paz que cria condições de serenidade, tranquilidade e segurança, diante dos conflitos da vida, que muitas vezes somos envolvidos ou estamos inseridos involuntariamente.

A Paz de Deus  se evidencia na pessoa que  pertence e permanece  nele. Se as pessoas que mantém contato conosco diariamente, conseguem  contemplar e sentir Deus através da nossa vida, isto significa que estamos em Deus, por meio de Jesus Cristo. A nossa missão como verdadeiro discípulo de Cristo, muitas vezes é revelada em pequenas ações e gestos que vão fazer diferença na sociedade.

Aqui no Rio de Janeiro, as igrejas estão mobilizadas em oração constante pela cidade, aproveitando todas as oportunidades, em todos os lugares, proclamando para os que aqui vivem, esta mensagem de esperança nas bênçãos de Deus.

“Procurai a paz da cidade para onde vos desterrei e orai por ela ao SENHOR; porque na sua paz vós tereis paz.” (Jeremias 29.7).