Tags

, , , , , , , , , ,

“Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados…” (Mateus 5.4)

Lamentos e choros fazem parte do cotidiano de todos nós, muitas também eram as razões para lágrimas na Palestina dos dias de Jesus. Enfermidades, pobreza, opressão política, religião de aparências, violência, morte, abandono e injustiça social, aflições diversas eram causas que explicavam os sofrimentos, principalmente dos fracos e oprimidos à época de Cristo na terra. Mas, falando aos seus discípulos, a que choro Jesus se refere prometendo consolação?

O choro que receberá consolo será aquele do coração humilde e quebrantado, que se derrama por causa dos seus pecados e que, confesso e arrependido, clama o perdão que lhe purificará e enxugará suas lágrimas. O choro que receberá consolo será aquele do coração sensível diante da miséria alheia, coração cheio de compaixão e de amor pelo próximo. O choro que receberá consolação será aquele do coração que se entristece com tudo que aborrece a Deus, coração que tem a mente de Cristo e lamenta ao ver a humanidade perdida e sem o temor a Deus. O choro que receberá consolo será aquele do coração que tem a sua esperança na glória da volta do Senhor Jesus Cristo, coração que sabe que as aflições do tempo presente não podem ser comparadas com as glórias que o Senhor reservou para aqueles que esperam nele.
Que as nossas lágrimas cheguem diante de Deus e que por Ele sejamos consolados, pois o Senhor não está alheio ao choro de nenhum de nós.

(Javan Ferreira, Pr)