Quero sentir a presença de Deus

“Eu quero sentir a presença de Deus!”, é o clamor quase geral que se ouve num dia de culto, num momento de angústia, numa hora escura de problemas incontornáveis. O que daríamos para ver a Deus! Alguns coros modernos falam até em tocar a Deus provavelmente pensando em Jesus em sua forma física neste mundo. Mas onde esta Deus? Como sentir a sua presença?
As respostas sobre onde Deus está passam em geral por duas possibilidades: Ele está no Céu ou está no nosso coração. Quando digo que Deus está no céu fico com a ideia de que esta distante, em algum lugar muito longe, praticamente inacessível de onde, de vez em quando pode nos fazer uma visita rápida, tipo médico de urgência. Quando digo que esta em meu coração corro risco de transmitir a noção de que Ele é no fundo apenas parte de minha vívida imaginação.

Biblicamente, o Senhor não está em lugar nenhum. Sendo espírito Ele não pode ser definido em termos de lugar de morada ou residência. Quando a Palavra fala de Deus no Céu não esta definindo um lugar mas uma realidade existencial diferente da nossa. O céu que Deus “habita” não é distante mas presente, ao nosso redor, perto de nós, porém invisível a olhos materiais pois se trata de uma realidade espiritual.

A noção de que Deus está no meu ou no nosso coração pode advir de textos como o de Apocalipse 3: 20 que fala de Jesus entrando, mas não é propriamente uma noção bíblica. Na verdade não tem a ver com nossa imaginação mas com a presença espiritual. Podemos entendê-la como entendemos a “presença” de pessoas que não estão conosco fisicamente ou porque estão distantes ou porque já morreram. Mesmo assim falamos que as carregamos em nosso coração. Sua influência se faz presente. Com Deus é algo muito mais marcante, quão marcante é a pessoa de Deus.

Mas continuamos com a questão: como perceber a presença de Deus? Usemos algumas de nossas experiências comuns que podem ajudar já que fomos criados a semelhança de Deus.

 1) Nosso espaço Físico

Pense no seu espaço físico. Pode ser sua casa, seu quarto, seu escritório. Visitando seu espaço, aquele que você criou, posso aprender bastante sobre você. Se é organizado ou não, de que coisas gosta, qual sua cor favorita, seus hobbies ou preferências, os livros que lê e as figuras que gosta de ter expostas. Seu espaço físico me dá uma boa noção de quem você é e nele posso “sentir” de certo modo sua presença, sua influência ou “força”.

Através da Criação não podemos saber profundamente quem é Deus, mas podemos perceber bastante (Salmo 19). Veja a criação como o espaço físico preparado por Deus, seu escritório ou oficina de trabalho. Note a exuberância de cores e padrões e verá que é um Deus criativo, belo, extremamente organizado e amoroso. Veja as leis da natureza como a organização desse espaço e perceberá o quanto o Senhor cuida, protege e orienta tudo que é seu. Não é por isso á toa que nos sentimos mais “perto” de Deus diante de uma bela paisagem ou ao ver um lindo por de sol. Precisamos explorar melhor esse recurso maravilhoso que é a criação de deus no intuito de conhece-lo e senti-lo.

2) Nossa Presença pessoal
Pense agora na nossa capacidade de nos fazermos presentes. Somos capazes de estar fisicamente num lugar e não estar presentes. As pessoas por vezes nos dizem: “parece que estas noutro lugar”… E é verdade. Para que minha presença se faça sentir preciso de certas condições. Não me abro com facilidade, não me dou a conhecer a estranhos ou em condições adversas. Não mostro quem sou numa entrevista corrida com o relógio na mão. Mas, se as condições forem certas, se o ambiente for propício, se a companhia for aberta e houver tempo e liberdade posso me abrir, mostrar quem sou, mostrar meu interior e me dar a conhecer.

Creio que algo semelhante se passará com nosso Senhor. Queremos intimidade mas só o procuramos em momentos marcados, com relógio na mão, com pressa de ouvir resultados, com uma atitude mercantilista. Será a mais propícia para que ELE se abra a nós? Será a maneira certa de induzir intimidade? Vejo crentes orando nos cultos para sentir a presença de Deus, mas quanto tempo ou atenção ou pensamento lhe dedicaram durante a semana? Eu não me abro por pressão. Não me exponho por comando. E o Senhor?

Temos até em nossos cultos um momento chamado “oração invocatória”. Parece-me algo sem sentido, biblicamente falando. O Senhor prometeu estar onde 2 ou 3 se reunissem em seu nome, então porque invocá-lo? Não seria uma forma de desconfiança? De duvidar de sua palavra? Por outro lado, se minha presença é mecânica, se minha reunião não é na verdade em seu nome então de nada me servirá invocar. ELE esta presente quando é desejado de verdade. Por isso diz que esta perto do coração quebrantado porque esse realmente o busca de todo.

Provavelmente, a maioria das vezes que sentimos Deus distante, fomos nós que nos deslocamos. Fomos nós que deixamos de criar condições para suas manifestações amorosas. Está na hora de parar de reclamar e aprender a me abrir e a receber.

3) Amigos Comuns
Pense por último em pessoas que você valoriza muito. Talvez pessoas importantes ou não. Talvez ainda vivas ou já na eternidade. Agora imagine que passa um bom tempo falando sobre essa pessoa com alguém que também a ama e conhece. Durante essa conversa, trocam experiencias sobre a pessoa em causa. Talvez possam rir e até chorar lembrando episódios e momentos. No fim desse encontro você vai embora com uma sensação de maior comunhão com o amigo com quem falou mas também de que de algum modo ficou conhecendo melhor aquele de quem falaram.

Essa é uma das razões de ser da igreja. Comungarmos daquilo que Deus é e faz por nós. Conversarmos, compartilharmos com outros que conhecem o Senhor sobre nossas experiências com ELE. Essa comunhão fortalece nossa amizade e união e nos aumenta o conhecimento sobre o Senhor fazendo com que sua presença fique mais próxima. Por isso também não deveríamos deixar a igreja e os tempos de comunhão.

Conclusão: Afinal, sentir a presença do Senhor parece não ser tão etéreo. Há muitas maneiras de desenvolvermos a sua presença em nossas vidas. E o mais extraordinário é que ELE deseja isso! Não será ELE a dificultar. Desde o inicio nos criou para essa comunhão. Sendo assim, aproveite mais os momentos que puder passar em contemplação da natureza no intuito de conhecer o Senhor. Faça sua presença sentida claramente numa abertura genuína a manifestação do Senhor. Converse mais com seus irmãos em Cristo sobre a maravilha de nosso Deus. Cresça nessa consciência e seja abençoado

Anúncios

Uma resposta para Quero sentir a presença de Deus

  1. Márcio disse:

    Isso foi muito bom para Evangelista Márcio de Andrade. Obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s